Vamos aquecer vidas?

Rede de Proteção às Pessoas em Vulnerabilidade Social, que conta com quase 40 projetos sociais no entorno, foi criada durante a pandemia visando a dar apoio àqueles que estão em situação de maior vulnerabilidade na sociedade. Com o período de chuvas na Capital Paraibana, que normalmente apresenta temperaturas mais baixas em julho e agosto, a Rede lançou campanha de arrecadação de agasalhos e cobertores para distribuir as pessoas em situação de rua.

A campanha aconteceu durante todo mês de agosto de 2021, foi um grande sucesso e contou com a arrecadação de mais de 2500 agasalhos novos e seminovos, alguns já entregues e outros que estão sendo doados a alguns projetos sociais para distribuírem com a população em áreas de ocupação e em situação de rua.

Através de todos os seus veículos, o Correio, maior sistema de comunicação da Paraíba, usou a força para alavancar ainda mais essa campanha em prol dos mais necessitados. “É o momento de unir esforços. Se essas pessoas já estavam vulneráveis antes e passariam por essas necessidades em tempos comuns, na pandemia isso se intensifica ainda mais. Então o Sistema Correio, que sempre abraça campanhas sociais e ano após ano luta por essa área em toda a Paraíba, vai direcionar agora sua força para essa campanha tão importante”, afirmou diretora-executiva do Sistema Correio, Beatriz-Ribeiro.

O inverno para quem tem como se aquecer pode ser uma estação agradável, mas para quem dorme na rua, embaixo de marquises, em viadutos e bancos de praças, as chuvas e o frio se tornam uma tortura, como avaliam os coordenadores da rede, Inise Machado, Massilon Ramos e André Borba. Por isso, com a chegada do Sistema Correio, a campanha se ampliou ainda mais, conservando os pontos de recebimento que já tinha e ganhando mais um, em sua sede na Av. Dom Pedro II, 623, Centro.

A campanha contou ainda com a parceria de importantes instituições, como a Defensoria Pública/PB, Associação Paraibana de Imprensa (API), OAB/PB, UFPB, empresas do setor privado, a Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania, através dos Centros Pops I e II, das casas de acolhida da população de rua, do Centro de Referência dos Idosos, no Altiplano (antigo Clube do Idoso) e ainda da Comunidade Santa Terezinha, no Geisel. Também contou com a empresa Calzature e a Associação das Esposas dos Magistrados e Magistradas da Paraíba. Todos estes, além do Sistema Correio, são pontos de arrecadação de agasalhos, cobertores e demais roupas de frio.

Os organizadores agradecem a todos que colaboraram e se colocam à disposição para mais esclarecimentos.

© 2023 Sistema Correio de Comunicação. Direitos Reservados.